berli​(​m​)​possível

by nana

/
1.
04:40
2.
3.
4.
04:44

about

produzido e gravado por nana.
mixado e masterizado por luis calil.
foto da capa: yuri de castro.

agradecimentos especiais a: escola de música da UFBA, luisão pereira, karen silva, marina monroy, sara dumont fadigas, kedson silva, gabriel vieira, adriel lucas, luis calil, marcos xi, yuri de castro, rodrigo coelho e o projeto pernambuco's percussions sample library, que permitiu o uso de samplers.

credits

released April 18, 2015

ano novo:
nana (voz, synths, violão, cavaquinho, piano, programações)
karen silva, marina monroy, sara dumont fadigas, kedson silva, gabriel vieira, adriel lucas (coral)


amor, bicho geográfico:
nana (voz, synths, violão, cavaquinho, piano, programações)
karen silva, marina monroy, sara dumont fadigas, kedson silva, gabriel vieira, adriel lucas (coral)
luisão pereira (guitarra)


berli(m)possível:
nana (voz, synths, violão, cavaquinho, piano, programações)
karen silva, marina monroy, sara dumont fadigas (coral)


recomeçar:
nana (voz, synths, violão, cavaquinho, piano, programações)

tags

license

all rights reserved

about

nana Berlin, Germany

shows

contact / help

Contact nana

Streaming and
Download help

Track Name: ano novo
o meu sentimento é tão cheio de intenção e de calor
este apartamento, bicicleta, buscopan, consolação
mais abraços demorados, mais apertos no coração
de querer mais encontros, mais mordidas, despedidas
bem se vê: vai doer

eu sinto muito, meu amor:
na vida é guerra e paz

ao dizer seu nome o meu corpo inteiro ri de excitação
seu olhar me come, só me resta me esconder em suas mãos
o seu cheiro, os seus beijos no meu queixo,
sua voz a tremer.
são tantas pessoas procurando outras
aconteceu: é você.
Track Name: amor, bicho geográfico
toda geografia do amor
causa dor
sem saber você já bagunçou
onde passou
toda arquitetura ao meu redor
vira pó
a saudade vem sem dó
em ré menor

a saudade vira semitom e tom
a saudade vira semitom e tom

existe a distância
pra quem não se ama
o amor cria ruas e pontes
até sabes onde

eu vou estar longe
se assim queres tanto
mas toda essa gente que passa
carrega o teu rosto.
Track Name: berli(m)possível
que bom que bom que eu lhe conheci
imagina como eu vou perder você de novo
que bom que bom que eu lhe conheci
imagina como eu vou perder você de novo

no nosso abraço eu perdi meu embaraço
tropeço no espaço de um carinho imediato
eu nunca mais consegui dormir
todo sono é um sonho todo sonho é cair
não quero ouvir falar de vai não vai
nem sai não sai.
não cai não cai não cai cai cai
eu nunca mais vou deixar você fugir
daí praqui é tempo bom pra se sentir

que bom que bom que eu lhe conheci
imagina como eu vou perder você de novo
que bom que bom que eu lhe conheci
imagina como eu vou perder você de novo

daqui pra frente vai ser meio diferente
eu não tenho tanta gente ao meu redor,
não como antes.
vamos fazer nosso próprio país
se não dá pra ser feliz
vamos viver em tom maior
não quero ouvir falar de um passo atrás
embaço mais:
amar demais mas nada mais.
já que não dá pra ser feliz
eu troco o sono por um sim
por um pouquinho de berlim

berlim
é possível se for logo ali
berlim
é possível se for logo ali
o rio!
é possível se for logo ali
salvador!
é possível se for logo ali
são paulo!
é possível se for logo ali
vitória!
é possível se for logo ali
brasília!
é possível se for logo ali
belém!
é possível se for logo ali
recife!
é possível se for logo ali
porto alegre!
é possível se for logo ali
curitiba!
é possível se for logo ali
catu!
é possível se for logo ali
joão pessoa!
é possível se for logo ali
barueri!
é possível se for logo ali
cachoeiro de itapemirim!
é possível se for logo ali
fortaleza!
é possível se for logo ali
são josé dos campos!
é possível se for logo ali
Track Name: recomeçar
nosso tempo
não tem pressa
que nos despeça
sem machucar

o seu mau jeito
e certo tédio
não tem remédio
que eu possa dar

é sempre tempo de recomeçar
outro eu, outro lugar

por seus recados
sempre omissos
e por seus vícios
não vou parar

talvez o tempo
lhe dê coragem
dessa paisagem
se recortar

é sempre tempo de recomeçar
outro eu, outro lugar

não tem caminho
que nos separe
nem que repare